Arquivo para junho, 2011

Branco

Posted in Uncategorized on junho 30, 2011 by angelsofdevil



Na noite inserta
de um dia obscuro
sentei na lapide suja e gélida de alguém que jamais conheci
e ali sentada chorando lagrimas de sague
lavando minha alma suja e maldita
transformando em lagrima todo aquele rancor
toda aquela magoa
naquela noite inserta
talvez tenha chegado a minha hora
pois de repente não senti mais medo
não tive mais frio
não tive mais dor
eu era apenas nada
em um lugar que jamais vi
um lugar sombrio
mais um sombrio que me alegrava
um lugar triste
mais uma tristeza que não me atingia
eu tinha vagas lembranças de minha vida
parecia um coma
um coma branco
um branco deprimente
eu via deslumbres de pessoas talvez
ouvia farfalhar de pés no chão
de asas batendo
mais eu não via nada
nesse momento entendi
eu era um anjo frio
um anjo que não sente
que não sofre
em meu peito gelado a um coração
um coração insano e frio
hoje só vago por ai
acolhendo pessoas
mais por elas nada sinto
pois eu não tenho sentimentos
estou presa na pior condição
a condição de não sentir
quando humana sempre quis não sentir
hoje so rezo pra poder sofrer de novo. 

By:Dinha

 

Noite

Posted in Uncategorized on junho 28, 2011 by angelsofdevil

Estou aqui mais uma vez
Nesta triste solidão que e convence
Que me comove
A tristeza bate
À noite o clima
Essa é a minha vida sombria
Que quase ninguém intende
O amor que você  sente
Não é o mesmo que o meu
A solidão que você sente
Não é a mesma que a minha
Aqui tudo é escuro
Não me comovo com nada
Você ai não conhece essa solidão
É quase perturbador
As sombras me invadem
O clarão da manha
O dia
O ser que eu não sou
Humanidade sórdida
Amigos que eu convivo
E inimigos
Sou só um ser nórdico sádico
A imensidão desse mundo me atrai
O relato das sombras
E da morte
Quanto mais eu penso
Menos acredito
A depressão continua
A intensa insatisfação
Porque deus não me ajuda?
Porque deus é um mero mito
Baseio somente na escuridão da noite
Eterna e fria
A intensa vontade de me expressar
Quero gostar de que eu gosto
Quero ser quem realmente sou
Mais eu ei de vencer
Nem que for com a morte
Minha alma descansara…

By: Dinha

 

lamentaçoes

Posted in Uncategorized on junho 28, 2011 by angelsofdevil

A dificuldade que hum dia passei
as lamentações
as lagrimas que que caíram
o dia que não passa
a manha seca e gélida
a tarde que não há sol
e a noite sem lua
o sentimento devastador que te invade
te deixa vulnerável
te transforma em nada menos que um cadáver sombrio
sem sentimentos
sem ilusões
e sem esperanças
de um dia
renascer das cinzas
de um dia haver sol
que nesse dia haja paz
a luminosidade penetrando nas trevas solidas
diminuindo meu sofrimento
e já não doerá mais
não me fara mais sofrer
não me aprisionará
nesse exilio mental
de onde jamais poderei sair
ai sim verei
que minha alma voltara
e que eu sou eu mesma
e serei grata por isso
eu sou perfeita aos olhos de deus
e e isso que me importa
By:Dinha

 

Traição

Posted in Uncategorized on junho 28, 2011 by angelsofdevil

 Será essa mais uma vida
marcada pelo medo
o receio de ser
quem realmente sou
quem realmente interessa pra mim
sera que nada que eu seja
não e nada que eu sou
so espero
que mude
mude o rumo
mude tudo
para o sempre
cade aquela criança
que sonhava
que ansiava em viver
que pedia para deus
para ser grande
para ser livre
cade essa criança
essa criança esta aqui dentro
desfalecida aos prantos
chorando o choro da alma
ela não mais sorri
ela se quer abre os olhos
perdeu toda a esperança
perdeu o sonho
o mundo que ela sempre sonhou
a traio
as pessoas com quem ela sempre contou
a traio
ate os seus pensamentos
a traio
hj ela não e nada
desfalecida no chão sujo
com uma cruz na mão
rezando desesperadamente
para que alguém a ajude
mais pra ela não a salvação
pra ela não a mais nada a fazer
a não ser deixar que ela própria se erga mais uma vez
mais isso ela não tem capacidade
ela e nova e apenas uma criança
indefessa e não grata
tudo que ela sonhou
hoje ela ve se transformar em poeira
se transformar em nada
e ela se transformou nesse nada
ela esta viva mais morta por dentro
o seu próprio mundo colorido a matou
não a salvação
não a esperança
não a nada…

By:Dinha

 

Imagine

Posted in Uncategorized on junho 28, 2011 by angelsofdevil

toda dor que puder imaginar
toda dor que puder aguentar
imagine
toda tristeza que puder imaginar
toda tristeza que puder aguentar
imagine
todo desespero que puder imaginar
todo desespero que puder aguentar
imagine
todo ódio que puder imaginar
todo ódio que puder aguentar
imagine
toda solidão que puder imaginar
toda solidão que puder aguentar
agora você sabe como eu me sinto
agora você ve como eu sofro por dentro
é uma dor insuportável
é uma tristeza incontrolável
é um desespero que dilacera
é um ódio fervoroso
é uma solidão sem fim
talvez tenha alguém ai pra me ajudar
mas não há ninguém
a penas eu em minha noite sem fim… 

By:Dinha

 

Apenas…

Posted in Uncategorized on junho 23, 2011 by angelsofdevil

Nao eu nao sou vc
Nunca serei você
Nao chegue e mude minha vida

Quem é você
Pra mim hoje nao é ninguém
A saudade que me restou
Talvez tenha avido algo
Algo em minha vida
A verdade oculta que
Nao deixa as coisas morrerem

A vida que talvez qu tive
A saudade de alguem que jamais conheci
A insatisfaçao angustiante da solidao da noite
Vago em mesu pensamentos

Sinto-me presa em meus sonhos um ser insignificante
Sinto-me amarrada em algemas interiores
Mas sei que sou culpada por tudo isso
A tristeza em minha face
So mostra o desespero do meu coração
Hoje em minhas faces frias amargas pela dor
Saiba que um dia eu nao fui assim,mas hoje sou
Apenas sou…